top of page
Buscar
  • psimayze

Síndrome do Pânico: Um desafio a ser encarado

Atualizado: 30 de mai.


Entendendo a Síndrome do Pânico

Todos nós sentimos ansiedade diante de eventos futuros. Embora perturbador, essa é uma parte comum da vida. No entanto, a Síndrome do Pânico ocorre frequentemente na ausência de um perigo real, apresentando uma intensidade desproporcional e desesperadora. Os sintomas físicos incluem lesões cardíacas aceleradas, formigamento, suor nas extremidades, tontura e dificuldade para respirar.

Gatilhos e Sintomas

Geralmente, um evento significativo (como separação, morte ou vivência de violência) pode desencadear o primeiro ataque de pânico. Após o evento inicial, os ataques podem ocorrer de maneira imprevisível, sem hora ou local definido, inclusive durante o sono. A duração desses ataques varia entre 15 a 20 minutos.

Impacto na Vida Cotidiana

A Síndrome do Pânico pode levar a pessoa a evitar determinados lugares ou situações, como túneis, locais internos e transportes públicos, impactando diretamente na qualidade de vida. É um ciclo vicioso de medo do medo.

Tratamento e Superação

Somente a psicoterapia, através do autoconhecimento e da compreensão dos mecanismos da doença, pode ajudar o paciente a lidar e superar a Síndrome do Pânico. O tratamento medicamentoso pode aliviar os sintomas, mas não cura a doença.

Procure Ajuda

Para mais informações e apoio no tratamento da Síndrome do Pânico, entre em contato:


19 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page